Navegando em Tag

patagonia

Por aí

> CHILE: Tchau Termas de Chillán – Ida para Patagônia

13/06/2017

No nosso último dia em Termas de Chillán tivemos muita sorte! O sol abriu, estava frio e a umidade era maior. O que deixou a natureza mais encantadora ainda. Fumaça, poeira, terra, cheiro de mato molhado. Nos sentimos bem só de ficar para o lado de fora do hotel. Claro que inventamos de sair para caminhar e, eu não poderia deixar de compartilhar com vocês todas as cores deste dia por aqui também!

         
Descobrimos que a gente não só ama, como precisamos disso. Deste contato mais de perto, mais profundo, ainda que dentro do que nos passava segurança. Ver toda aquela imensidão e subir tão alto para ficar pertinho a 3km de distância dos vulcões Chillán foi uma experiência surreal que encerrou com um presente da natureza. Este dia não poderia ter terminado de forma mais especial!

VIAJAR DE TERMAS PARA PATAGÔNIA CHILENA

Nossa noite terminou em pisco sour! Uma bebida que todos os chilenos tomam em momentos de diversão e para confraternizar. Nesta mesma noite saia o nosso ônibus da rodoviária de Chillán para Santiago. Saímos com o transfer do hotel por volta das 22:30h e chegamos na rodoviária quase 24h. Nosso ônibus saia no início da madrugada, então chegamos em Santiago bem cedinho as 6 e pouco da manhã. Dormimos toda a viagem. Vale dizer que achei o ônibus da Turbus bem confortável – ou o sono era tanto que capotei e nem vi nada.

Chegamos em Santiago e o metrô nem tinha aberto. Como estávamos dentro da estação foi tranquilo. Esperamos junto com um monte de gente, pegamos o metrô e seguimos para a estação do Hostel Forestal. Antes de sairmos de Santiago, comunicamos o lugar que teríamos esta janela de tempo. Eles ofereceram um guarda volumes no hostel para deixarmos as malas para caminharmos. Ficamos por lá passando os vídeos da viagem e nossas coisas. Buscamos um lanche e partimos com o Transfer do Venturas Viagens para o aeroporto de Santiago. O pessoal do Venturas é super pontual e mantivemos contato todo por whatsapp para confirmações. Vale conferir o trabalho deles no Youtube, onde contam sobre viagens e roteiros em lugares do Brasil e pelo mundo.

Chegando no aeroporto fizemos todo o processo normal. Vale lembrar que o valor das nossas passagens para Balmaceda saíram em conta justamente por não comprarmos passagens com direito a despachar bagagens. Por isso, fomos com malas pequenas e que caberiam na cabine do avião. Chegando no aeroporto… Ah! Isso fica pra outro post 🙂

Apesar de tudo isso ser Chile se, olharmos no mapa, nós viajamos um bom bocado…

É, esse mundão é grande demais. Ainda bem que o nosso coração também.

Parceiros:

Hotel Termas de Chillán
Venturas Viagens