Navegando em Tag

brasil

Tenho, indico e preciso

Preciso: Desejos para o verão

12/12/2014


veraocoisas2015

1. Pulseirismo: Verão é hora de enfiar tudo quanto é pulseira no braço, anel no dedo e fazer a cigana. E essa pulseira da POTS agora é minha xodó, é ela é vária em uma. Confere lá os outros modelos.

2. Top de crochê: Ainda bem que o bendito tá na moda, porque amo, porque te quero usar. Tenho trocentos crochês pela casa, até nas paredes e blusinhas que minha mãe faz. Antes me achavam louca e velha, agora tô na moda. OK. Pira aqui.

3. Kimono floral: Kimono amor eterno. Não dá pra viver sem ter um gente, num dá. Ele salva qualquer look. Esse as meninas também tem na cor preta, liiiiindo. Essa é a parte em que eu deixo o link pra vocês aqui.

4. Coque cagado: COMO VIVER SEM ELE – eu falo o mesmo pra esmalte preto, mas beleza, é amor verdadeiro ainda-? ♡ no frio, no calor, na chuva.. mas, no calor o motivo é bem sincero.

5. Calça estampada ou rendada: Gente! 2 anos atrás eu me matava para encontrar uma calça assim por aqui. Rodei o ebay da vida e tava complicado. Agora tem em várias lojas por aí, até no estilo mais office, lindo demais. Essa é super delicada e vai com qualquer coisa. Uma peça coringona pra levar na mala no verão.

6. Shortinhos leve: Nem preciso falar porque né? Janeiro é aquele calor da zâmbia e ficar pelado num rola, então temos que usar roupa, hahahah Nada melhor que esse shortinhos super leve e lindo de margaridas. Já compra que todo mundo tá levando.

7. Bolsa ecológica: 100% do brasil, feita à mão, totalmente ecológica e com um toque sarcástico. Como não amar? aqui.

8. Óculos: Essa loja é gringa, talvez demore pra chegar mas é muito óculos lindo com preço super gente como a gente, 10 dólares amigues. Surtem, boa sorte.

9. Protetor: Todo dia em gente? não só no verão! Contei aqui que começaria a cuidar melhor da minha pele e foi o melhor que me fiz. E o protetor tem uma ação fundamental aí. Parece que a diferença já apareceu e agora base e pó só em festas. Uso da nivea ou um da natura que não me lembro.

10. Birken X: Sim, esse modelinho é diferente e eu fiquei apaixonada. Minha eterna dúvida é entre a preta ou a branca? acho que eu não tenho maturidade pra branca, vou sujar horrores. Vê aqui.

Não sou nada fã de verão, amo tudo que ele traz, menos ele. Viver naquele suador constante e minha pressão -10, num é gostoso. Mas, não significa que não vamovivê e curtir, né? Fábio adora. Única época em que ele pode usar sua havaiana lindamente em qualquer lugar por aí, sem ser julgado.
O que mais não pode faltar? muita água de coco pra sua pele se esbaldar, muito bepantol derma nos cabelos, suco de cenoura e laranja, um vinho verde geladinho (num bebo cerveja, não me julguem), salada muita salada, um chinelo rider pra matar baratas e amigos por perto falando besteira, se amando e suando juntos. QUE DELÍCIA.

“Que dezembro traga” um verão bonzinho e meu outono com seus 18 graus e aquele solzinho leve de volta <3

Na cozinha, RECEITINHAS

Na cozinha: Quando a sogra vem

06/03/2014

Desde que começamos a traçar novos planos, a economia começou. Antes disso, estávamos no miolo da vila madalena e rodamos muitos-muitos restaurantes por lá. É claro que tudo é uma fase, e esta mesmo que com menos mordomia e opções, está ótima e estamos valorizando os mínimos detalhes – como o de comemorar que o quarto não teve goteira, yey!
Neste feriado, recebemos minha sogra, uma suéca e um mexicano. E o que fizemos de melhor foi: comer comer comer comer. Então resolvi colocar esse nosso carnaval-enche-barriga por aqui. Confesso que foi ótimo poder mimar nosso estômago um pouquinho sem converter em quantos tijolos poderíamos ter comprado. Adooooro minha sogra, sério! haha 😉

> Cantina Gigio : Já vai pensando que meia porção serve 3 pessoas porque a palavra desse lugar é fartura. Sempre pedimos o rondelle quatro queijos com pão italiano, tudo+delivery por R$ 67,00 realidades.
> Ciccarino : Meus pais já foram donos de pizzaria (pode ser daí que brotou minha paixão por pizza ou simplesmente por ser a coisa mais gostosa dessa life) e quando eles me falam que uma pizza é boa, eu acredito. Esta é uma pizzaria bem antiga e tradicional, uma das preferidas do meu pai. A bruschetta desse lugar é de babar de boa. A pizza é com a massa bem fininha e queijo na dose certa. Aff, não vi nem o preço!

IMG_9824 IMG_9803

> The gourmet tea : Estávamos afim de comer um risotto em plena terça de carnaval, onde? boa pergunta. Fomos até o Le jazz, mas estava muito cheio. Até o Chou, que era do lado do antigo apartamento e estava fechado. Até que lembramos que sempre caminhávamos em frente este lugar lindo, minimalista e com um cardápio de aplaudir em pé. Sério, quase fiquei com dó de comer meu risotto de cogumelos com essa casca de parmesão. Fábio pediu um filé com risotto de limão siciliano e a mãe dele um nhoque de batata doce, incrível de bom. Meu prato se não me engano custou 37 realidades. Tô doida pra provar os chás, mais pra frente, quem sabe!
IMG_9823IMG_9822

> Le Pain Quotidien : O nome é chique, mas o ambiente é super aconchegante. O preço, não é dos mais camaradas – é aquela coisa em São Paulo de pagar 8,50 reais em um suco. Mas, foi bacana conhecer este lugar impecável na decoração e com sua mesa comunitária. Para um café da tarde com esta tortinha fofa de limão, foi bacana!
IMG_9827IMG_9830

> Galeria dos pães : Não ia colocar, pois já pretendia fazer outro post com meu top 5 das tão amadas padocas, mas já que estávamos lá e a coisa é boa demais, aqui está. Preço normal das padocas maiorzinhas de São Paulo e com um buffet de sopa de morrer ali no lugar e querer ressuscitar na hora pra comer mais. Sério, é demais.
IMG_9826IMG_9825
Outros lugares que já postei por aqui e que são bem pertinhos destes pra quem ainda não viu, vejam aqui e aqui 😉

O que tem para semana que vem? Mais inspirações, dica de beleza e.. Ah, vou falar nada mais! (-:

Tenho, indico e preciso

> Preciso : Wishlist de fim de ano

10/12/2013

2

É, o natal chegou minha gente! 🙂
Adoro o gostinho de fim de ano, não só pelas festas, mas da nostalgia, generosidade e esperança que encerrar um ciclo nos trás. Por aqui, para ser sincera, faz tempo que não trocamos presentes. Somos mais adeptos a “lembrancinhas sem datas e sem muitos cifrões” hehe. Pois desde que começamos a vida juntos, não paramos de planejar e sonhar muita coisa, então sempre acabamos guardando ou investindo em algo que queremos juntos. A compra da casa e a reforma deste fim de ano são um bom exemplo.
Com tudo isso, minha wishlist está repleta de coisas para casa! Ainda mais, porque começamos a reforma pela minha parte preferida: a cozinha. Uma perdição de tanta coisa linda! Como ainda estamos na parte sem graça (pedra, areia e cimento), me permiti fazer esta lista para poder imaginar e curtir esta fase mesmo que seja apenas colocando no carrinho e não comprando nada, hahaha.
Espero que gostem! Qual é a lista de desejos de vocês? 🙂

1- Porta-chaves Beatles – Cose di casa; 47.00
2 – Xícara vintage flores – Maria presenteira; 33.92
3 – Saleiro clássico – Tranqueira Chic; 44.00
4 – Espelho – Lovely Home; 22.90
5 – Carimbos – Veio na mala; 109.90
6 – Taça – Maria presenteira; 13.90
7- Bowl vintage – Lovely Home; 34.90
8- Capa de almofada – Tranqueira Chic; 64.00

AMOR, Diálogos

> Diálogos: A saudade, o melão e a vida no plural

09/12/2013

Aquela era uma noite de terça-feira, com um calor insuportável daqueles quase impossíveis de dormir. Deitei e fiquei por um bom tempo olhando pra aquele teto gasto e de tinta amarelada, mas aconchegante. Lucy estava deitada esparramada dormindo no piso que estava geladinho. A casa estava ainda com barulho da TV e uma leve brisa das janelas abertas. Escutei de longe os barulhos dos pés dele e uma porta e janela sendo trancadas. Ele chegou, deitou do meu lado e mesmo cansado, resolveu me acompanhar olhando pro alto. Até que saudosamente começamos a falar da vida, vocês sabem: “você ligou pro carreto? a roupa do varal secou?” até “lembra quando tínhamos tempo de sobra para cozinhar? e do dia em que derramei leite na parede?” e assim, ríamos com o passado. Conversa vai, conversa vem. As palavras voaram da minha boca dizendo:
– O que eu mais te ensinei nesses 4 anos? – ele deu uma risadinha e o silêncio ficou no ar.

Eu sabia que minha resposta corria um risco. Na verdade, eram 3 riscos: Primeiro, quem não trava quando nos perguntam essas coisas?. Segundo, ninguém gosta desse tipo de conversa. Terceiro, ele não é um homem de longos discursos, eu sabia, mas de pequenas e doces atitudes. E enquanto tudo isso passava na minha cabeça, ele espontaneamente respondeu:
– Já sei! Tu me ensinou a gostar de comer melão.

Jura, meu amigo?! Mas, na hora eu ri, ri demais. Pois ele disse a coisa mais óbvia dos últimos dias. E ele me abraçava forte rindo sem parar. A luz apagou. A casa agora estava silenciosa e já não tinha mais o teto para enxergar. E então eu que estava para virar, dormir e aceitar a tal resposta do melão como meu troféu em 4 anos de relacionamento e amizade juntos, escuto agora uma voz um pouco mais leve que dizia:

Tu me ensinou a dizer “nosso” e não “meu”.

Sorri por dentro, com todos os jeitos e formatos de sorrir. Pode parecer demais, mas eu sorri assim, eu juro. Sempre tem um lado do amor que se entrega mais rápido que aceita a vida conjunta de uma vez. E eu me lembrei que essa era eu,  há 4 anos atrás, chorando com a maquiagem borrada no travesseiro, pensando e imaginando onde tudo iria parar e se um dia esse alguém saberia conjugar a vida no plural comigo ou se seria apenas mais uma saudade. E ele queria, mas precisava do seu tempo, agora eu entendia. E hoje, divido a saudade do que já vivemos, junto com ele, que sonolento falou com a cabeça enterrada no travesseiro:
– Pequena, você sabe, não se pode viver só de saudade..

Parecia que ele estava ouvindo o que eu pensava ali, quietinha na minha cabeça. Me virei e sorria sozinha por dentro vendo o quanto era bom reviver, redescobrir e renascer. Eu já não era mais uma menina de 18 anos com interrogações apaixonadas no olhar. Eu já sabia respirar e achar graça mesmo se fosse pelo prêmio do melão.

E esse era o tão inocente e fanfarrão do amor, outra vez me relembrando: que nem só de saudade vive o amor. E nem só de pronomes no singular, vive o homem.

Tenho, indico e preciso

> Tenho & indico: Rebajas no verão!

13/11/2013

Semana passada fui até o Brechó Rebajas. Quem já passa por aqui, sabe que esse brechó cheio de amor é um de nossos parceiros e que sempre traz coisa boa. Dessa vez não foi diferente! Voltei de lá com este look lindinho e ótimo para o verão que já tá ai batendo na porta: vestidinho floral e botinha. Uma das minhas combinações preferidas. Na verdade, eu amo qualquer coisa com bota. 🙂 Me contem o que acharam e visitem esse cantinho cheio de achados, preço bom e ótimo atendimento!

IMG_5270 copyIMG_5250 IMG_5262 IMG_5261 IMG_5256 IMG_5264 IMG_5275IMG_5279 IMG_5285

Deixei aqui uma pequena dica do próximo post de looks… Ahááá… até lá 🙂

AdoCão, Pedaços+Momentos

Pedaços + Momentos : Ela, suas manias e amores

28/10/2013

Tem coisa que aparece na vida que a gente não consegue dizer não. Coisa não, me desculpa, ela é ela. Me lembro a primeira vez que ela sentiu fome e veio me trazendo seu pratinho até a sala, jogou na nossa frente como se quisesse dizer: “Ah, gente, faz o favor ai pros irmão”. Essa foi a primeira mania. Depois ela inventou de começar a bater na nossa cara, essa acho que todo mundo sabe, mas agora ela até que superou. Embora, seja fofo demais. Depois ela aprendeu que o melhor abrigo para ela, era no colo de quem a aceitou como parceira, no colo dele ou ao meu lado pra dormir. E isso, ah… até hoje, ela não sai mais. Diziam para gente: “Nossa, mas vocês estão com ela há apenas 1 mês? ela tem tanto de vocês”. E nós sonhamos tanto com você, sem saber que era você, mas era. Nós, naquele início já éramos três em um, sem sequer perceber ou esperar, não podia ser melhor.
image   IMG_4327
Ela não conseguia ficar sozinha, ela sofria e eu não a culpo, não era bem uma mania. Não é fácil ter amado alguém e de repente ser solta para a rua como se nada daquilo tivesse acontecido, como se o amor não superasse que você cresceu demais ou que não parou de roer algumas coisas. Não te culpo. Íamos no mercado e um ficava fora, outro dentro fazendo as compras correndo, só para ela se acalmar. Era ela, né. E ela nos ama juntos, ama mesmo. Na verdade, ela nos uniu ainda mais. “Pega comida que eu limpo o carpete. Não, pega a coleira que eu junto o cocô na sala”. Ela nos fez um time, muito melhor. Ainda que nem sempre a gente funcione “Senta, não pula, não pula Lucy são visitas”, a gente tenta e sabe que no fundo, ela é apenas ela: sendo feliz demais e sem ter a noção de que tem 19 quilos.
image_5   foto(7)
Uma vez, ela me viu sentada no chão da sala chorando muito, enquanto ele estava no quarto trancado e ela me disse (e eu tenho certeza que disse) “Calma, baixinha, vai ficar tudo bem, eu sei que vai”. Eu sorri, como se ela pudesse entender que eu tinha entendido o que ela queria dizer com aqueles olhinhos caramelos e lá veio ela me lamber, como se tudo fosse perfeito e o amor já reinasse novamente ali. E ele saiu e sorriu pra mim. É… nós demos a ela uma casa, mas ela, fez melhor e nos deu um lar. Um lar em que ela ama comer as acerolas que caem no quintal e os meus tapetinhos também. E eu espero que ela não se esqueça que já pedi perdão por ter ficado tão brava naquele dia. Acontece, ela sabe.
É Lucy, é difícil não sorrir escrevendo de você.
IMG_4901   IMG_4424
Eu a admiro. Como ela consegue entender cada momento, como ela consegue ver o que é para brigar e educar e ainda assim amar. Como ela pode esquecer que um dia alguém a magoou, abandonou e ainda amar sem limites, com todas as forças que ela pode. Talvez ela seja grata pelo o que tem hoje, sem remorsos, sem mágoas e sem se importar com raça ou qualquer outra coisa, ela apenas ama porque aprendeu e quer amar. Talvez ela seja esperta, mais do que muitas vezes eu fui em perder tantos momentos bons da vida, pensando no que já não tinha mais como mudar. Ela, com apenas 1 ano, me ensinou a viver o presente. E amá-lo.
Lembro dela na primeira vez e agora como seu pêlo já não é mais o mesmo, como suas pintinhas tão lindas resolveram aparecer mais e como ela já se entrosou com a casa. Eu vejo tudo hoje e eu sorrio. E ela também sorri, embora seus olhinhos bem lá no fundo carreguem tanto medo da rua, mas ela ainda assim sorri. E eu sei Lucy, nós também carregamos nossos medos. Mas juntos, é bem mais fácil. Bem mais.
image_2   image_1
É, é impossível não sorrir escrevendo dela e do seu amor tão grande que resolveu transbordar em forma de coração pelo fucinho, só pra não faltar amor. Não faltar amor. Não faltar coração para quem quiser um dia, se doar e receber amor de um amigo que te ama por você ser você. Só por isso. E mesmo depois, podendo dizer não a ela, nós nunca diríamos.
Mas, por favor Lucy, me deixe pelo menos com um tapetinho só.. 🙂

Fotografia, Iphone

> Iphone: Meus aplicativos -de fotografia- preferidos

21/10/2013

Apesar de trabalhar com fotografia, sou totalmente contra essa onda de revolta que alguns fotógrafos tem com pessoas que fotografam pelo celular. Acho que todos tem direito de tirar fotos bacanas e do seu gosto, ainda mais agora que a qualidade das câmeras de celular estão melhorando e os aplicativos também, sem contar a mobilidade e praticidade que ele te dá! Por isso, fotógrafos, não se sintam ameaçados! Abracem a ideia como um desafio de criar fotos com algumas limitações (embora hoje tenham até conjunto de lentes e filtros para celular), é um exercício bacana para o olhar e para a luz.
Recebo muitas perguntas no meu Instagram sobre quais aplicativos eu uso, então resolvi fazer este post. Espero que seja útil. Ai vão meus preferidos 🙂

Vscocam
O queridinho de muitos gringos! Super simples de mexer e tem como característica reduzir o nível das sombras e contrastes das imagens. O aplicativo permite redimensionar a imagem, brilho, exposição e outras coisinhas a mais também.

IMG_9820

Afterlight
O novo queridinho de todos! Não me lembro quanto tempo faz que descobri esse app, mas desde então quase não usei mais nenhum outro. Ele te dá muita liberdade de editar a foto como você quer: saturação, definição, temperatura e tudo mais. Além de ter efeitos prontos -lindos também e alguns muito parecidos com o vsco- , efeitos de luz e moldura de polaroid. Uma graça de tão prático!
IMG_2381
A beatiful mess
Este aplicativo é uma fofura que só! Conta com diferentes desenhos, recortes, letras para você escrever, frases prontas entre outros pequenos detalhes para quem quiser, como diria minha vó “emperequetar” sua foto. Fofo, né?abm

• Duomatic
Para deixar a imaginação fluir! Este aplicativo simula uma dupla exposição e é bem interessante os efeitos que podemos criar com ele. Sempre tiro algumas fotos aleatórias pensando no que posso sobrepor depois. Muito bacana.IMG_9047

• Squaready e Pic Stich
Aplicativos básicos para baixar, com certeza. O Pic Stich permite fazer este tipo de montagem entre outros formatos que eles tem, ou até mesmo que você crie o seu. Já o Squaready é para aquela foto linda que você tirou – principalmente na vertical- e não quer que nada dela seja “perdido” ao colocar no formato quadrado do Instagram. Ele permite ajustar e agora também agora conta com a função de ajuste de vídeos.IMG_3778Separei uma galeria com algumas fotos de celular para quem quiser ver, embora tenham muitas outras pessoas que possuem uma coleção de fotos surpreendentes no Instagram que eu posso postar por aqui depois também. Mas, por enquanto aqui ficam algumas das minhas preferidas. 🙂