Ler & Ver

> 4 Livros sobre corrida que você precisa ler!

14/08/2017

Sempre me perguntam que livro estou lendo por aqui. Confesso que não sou das que sempre está lendo livros novos, mas releio muitas vezes os meus queridinhos. Até comentei um pouco disso neste vídeo no canal há um bom tempinho atrás.

Ultimamente a corrida invadiu até mesmo a minha estante e eu não poderia deixar de compartilhar essa dose de energia e vida – até mesmo para quem não corre com 4 livros sobre corrida que você precisa ler. Então, vamos falar sobre corrida e superação?

  • Correr – Drauzio Varella

Quando começamos a correr a primeira história que me chamou atenção foi a de Drauzio Varella. Lembro que uma amiga me falava que o Drau era maratonista. “HÃ? COMO ASSIM?” foi a minha primeira reação, então quando descobri que ele começou aos 50 anos, minha admiração, que já era imensa, ficou ainda maior. Eu estava atrás do livro dele e não encontrava de nenhuma livraria perto de casa e íamos viajar para os pais do Fábio no dia seguinte. Quando chegamos lá, meu cunhado tinha comprado o livro e ele chegaria ainda no tempo que estaríamos lá. Li o livro em 1 dia e meio e precisei fotografar as últimas 4 páginas para ler no carro e voltar para SP. Mas não poderia deixar para depois! O livro é contagiante e muito leve de ler. Apesar de ser da área da medicina, os relatos também são bem pessoais de como aconteceu essa jornada. Já contei melhor sobre este livro aqui, mas não poderia deixá-lo de fora desta lista.

  • Do Que Eu Falo Quando Eu Falo de Corrida

O livro conta a história de Haruki Murakami que nos anos 80 decidiu vender o seu bar de jazz para se dedicar a escrever. Neste mesmo período começou a incluir corridas na sua rotina para manter a forma e acabou encontrando uma grande paixão. Um ano depois  ele completou o trajeto entre Atenas e a cidade de Maratona, na Grécia e pegou amor pelas longas distâncias. Hoje ele é um triatleta e seu livro foi traduzido em muitas línguas. É um livro para apaixonados pela vida e por correr. Ou para quem deseja se inspirar para cada um deles.

  • Eu amo Correr

Este livro é sobre muitas histórias de pessoas diferentes envolvendo a corrida. Apaixonados pelo mesmo esporte, mas com motivações bem distintas. Com fotos e relatos pessoas, o livro mostra a experiência de cada corredor que, de alguma forma, encontrou na corrida uma forma de ganhar mais qualidade de vida e limpar a mente dos problemas do dia a dia e até mesmo lutar por outras causas e fazer o bem. Você verá relatos de pessoas que venceram o câncer e outras doençãs, uma pessoa faz camisetas com fotos de crianças perdidas para ajudar a “divulgar” em suas longas corridas, mulheres que começaram a correr para ir ao trabalho e economizar a condução. É incrível!  A leitura é rápida e abro aleatoriamente para ler. A  parte mais legal é que parte da renda é revertida para projetos sociais ligados ao esporte.

  • Nascidos para Correr

Foi no aniversário deste ano que Fabinho ganhou este livro de uma amiga nossa. O título me deixou curiosa e fiquei ainda mais quando soube que a proposta era sugerir uma corrida mais minimalista e isso significava correr descalço. Sim, sem o tênis X ou Y master ultras blaster de amortecimento. “Mas e os joelhos? pé? e as articulações?”. Pois é, são em 200 e tantas páginas que o autor conta sua história com a corrida e sobre a tribo dos Tarahumaras, os “ancestrais da corrida”, como gostam de chamar. Eles vivem em um terreno totalmente irregular e montanhoso no México e correm muitos quilômetros todos os dias como estilo de vida. O livro é incrível e super inspirador. O autor aborda temas como nutrição, puxando muito para o lado vegetariano, pois grande parte dos corredores de longas distâncias adotaram esta dieta – não fazia ideia. Inclusive a base alimentar deste povo é feijão, abóbora, pimentões, milho e chia. Outros temas mencionados são, é claro, tipos de pisadas, marketing de empresas esportivas, dores na coluna e joelhos e a história de grandes corredores e corredoras de ultramaratonas. Li metade 2 dias antes da nossa maratona, foi uma grande inspiração.

Espero que estes livros ajudem a inspirar nas corridas e na vida de vocês. Correr mudou a minha vida, acho que posso dizer que a nossa vida. Não resolveu nenhum dos nossos problemas, mas nos ensinou que tudo pode ser ultrapassado se respirarmos fundo e seguirmos sempre em frente.

Se você gostou desse post, talvez também goste desses:

  • Tive a mesma reação que você sobre Draúzio Varella maratonista. COMO ASSIM? Menina, se eu te disser que adoro corrida mas deixo a procrastinação e a preguiça me dominar 🙁

    /breakfortea