Inspirações

> Persistência é o segredo

14/03/2017

“Como começar a correr”, já pesquisei isso no google, é uma das perguntas que mais recebo e já foi um post aqui do blog também.

É tão difícil. Comecei sem achar que ia conseguir e, se me perguntarem, até hoje, não falo que corro. Comecei devagar, com dificuldade para respirar, sem aguentar o peso do próprio corpo, mas eu queria. Não sabia o porquê, mas queria.

A gente pensa e se pergunta muito em como começar, mas o certo seria “como continuar a correr”. A corrida pede equilíbrio, insistência e persistência. Vai cansar e não vai dar barato nenhum na primeira semana. Você continua achando que todo o pessoal que corre, diz que ama e levanta as 5 da manhã no domingo é doido. Ainda não é possível de entender como alguém curte aquilo. Correr ainda é um desconforto, mas você conseguiu ir 3x na semana. Parabéns!

Na segunda semana o corpo parece que pesa ainda mais. As pernas então nem se falam, estão duras e contraídas. Você resolve tentar mais uma vez. Apesar do corpo se acostumando com o esforço, você consegue suportá-lo um pouco melhor e já é muito motivador. Terceira semana e você já pegou gosto pela coisa e isso não significa que não será difícil. Mas, já está naquele estágio em que você planeja ir mais longe, ou mais rápido ou sem as pernas doerem tanto. São dias em que você não pensa em furar o dia da corrida, a respiração flui melhor, ainda não é confortável e, então, a força aparece.

A corrida pedirá equilíbrio para você se enxergar e ouvir o seu corpo. A hora de descansar, alimentar, cuidar, diminuir ou acelerar. Depois é necessário insistir mesmo com alguns incômodos e que ainda não seja confortável encontrar o ritmo e a coordenação. Persistir dependerá do quanto se deseja.

Eu diria que correr por 1 ou 2 meses, 3x na semana sem furos e com os devidos descansos, já é transformador. Você sente melhoras nítidas no seu corpo e durante o dia. Me tornei um pessoa muito mais tranquila para as decisões do dia a dia depois que comecei a correr. Demorei 1 mês para me viciar, Pode ser que demore mais ou menos, depende de cada um, como em tudo na vida. Pode ser que você não goste mesmo de correr, acontece. 1 mês depois que comecei a correr eu já revirava minha agenda para não deixar de ir. Pensava em voltar correndo de um compromisso ou outro, ir mais cedo, ir mais tarde, ir no dia seguinte. Correr me fez desacelerar a rotina e respeitar a velocidade de cada fase da vida que há em cada dia. Correr é sobre isso: persistir. Apenas isso.

A corrida é um esporte individual. A força de vontade e a disciplina também. Entretanto ter um amigo para conversar, ainda que ele não te acompanhe é muito motivador.

Se você começou a correr a pouco tempo e gostou das primeiras sensações, eu digo: Persista. Parar e desacelerar pode ser preciso, mas não desista!

Depois é coisa de tempo, você provavelmente já se viciou um pouco no bem-estar, no estilo de vida, em competir com você mesmo e já se desdobra para tirar 30 minutos para sair por aí. Vicia? Vicia. Depois não diga que eu não avisei…

Se você gostou desse post, talvez também goste desses: