Na cozinha, RECEITINHAS

> Nosso prato em potinhos

07/03/2017

Muita gente pergunta como funciona a questão de preparar todos os dias as refeições aqui em casa. De modo geral, no café da manhã é meio que cada um por sí. Acordo bem antes do Fabinho e ele depois faz o lanche dele. Eu não vario muito de um pãozinho com alguma coisa, panqueca ou cereal integral e uma fruta, então é mais simples e rápido. No jantar, comemos alguns restos do almoço com mais uma coisa e outra nova ou fazemos um sanduíche reforçado. O almoço é a única refeição em que “paramos” de fato para fazer. Mais ou menos também, pois buscamos deixar tudo ao máximo já agilizado. Por isso, resolvi dar um foco maior nesta refeição neste post. 🙂

Aqui seguimos a lógica e a orientação de que o almoço precisa ter:

  • X de Carboidrato
  • X de Proteína vegetal ou animal
  • Leguminosas
  • Legumes e verduras a vontade
  • 1 porção de fruta (de preferência as cítricas)

O famoso arroz e feijão nós fazemos e congelamos nestes potinhos. O que sobrar comemos a noite ou completa o almoço do dia seguinte. As leguminosas como grão de bico, ervilha, milho, cozinhamos e colocamos em porções. Principalmente porque elas são uma parte importante para a proteína vegetal. Algumas vezes opto por fazer hambúrgueres ou bolinhos para já ficar mais certa a porção (pra mim, no caso). Legumes e verduras nós lavamos, cortamos e colocamos em potes na geladeira como alface, beterraba, tomate, abobrinha, cenoura.


Na hora de cozinhar descongelamos o arroz e feijão ou lentilha e montamos uma salada com legumes e verduras já cortados. Descongelamos os grãos ou a porção de hambúrguer/bolinho/torta/bláblá “vegetal” e pronto! Em algumas refeições o máximo que faço é cozinhar 2 ovos, fazer uma omelete ou refogar legumes ou cogumelos. Fabinho no caso faz a porção de carne que quiser ou come “o que eu como”.


Suco? também congelamos. Costumo bater couve com beterraba e um pouco de água e já deixar em cubinhos de gelo. Misturo com outra fruta que tiver na casa como maçã, abacaxi, limão ou laranja.

  • Considerações-“O arroz fica igual fresco?” Não, mas não fica tão diferente assim. E eu não teria tempo para parar todo dia para fazer então, sim, congelar é a melhor opção pra nós.
    – Alguns legumes e verduras como brócolis ou couve-flor que cozinhamos, também congelamos em porções. O que fazemos é sempre variar um ou outro. Isso vale para o arroz que ás vezes é integral, 7 grãos, quinoa, trigo de kibe e assim vai.
    – No caso dos vegetais também, sempre tento comprar quinzenalmente coisas diferentes para provarmos. O mesmo com o feijão que nem sempre é o carioca, mas o preto, branco, lentilha, etc. Cada quinzena fazemos um pouco de uma opção nova e congelamos. Assim é possível sempre variar. Mas, sinceramente? tem gente que come “arroz branco+feijão+bife+batata frita” a vida toda e não enjoa. É uma questão de escolhas e equilíbrio de cada um.

Espero que o post tenha dado ideias por aí <3

Se você gostou desse post, talvez também goste desses:

  • Danielle Barroso

    Isa!
    O arroz vc pode refogar normalmente como tu gostas e ao invés de adicionar água para o cozimento separe em porções e congele.Quando estiver afim de comer um arroz fresquinho é só por água pra ferver e por o arroz congelado pra cozinhar rs vi essa dica num programa e deu certo hein 😉
    Gostei bastante das suas dicas e vou tentar aplicar aqui em casa, estou sem comer carne, porém estou sem ideias de pratos e como farei já que moro com mais 2 pessoas que consomem carne, ah sou eu quem faz a comida da casa hahaha
    Obg!
    Bjins

    • Isadora Ribeiro

      Oi Danielle! Muito obrigada pela dica!!! ótima por sinal! aqui na semana acho que precisa ser mais rapidinho ainda hehe mas sinceramente, não vejo muita diferença.
      Aqui Fabinho faz, já fiz para ele também quando está corrido ou ele come o que eu faço, hehe Aí é questão de encontrar um meio termo com todo mundo.

  • Isabel Sant’Anna

    Oi Isa,
    Eu estou mudando minha alimentação e você tem me inspirado muito. Sério, já fiz crepioca, panqueca e mingau das suas receitas. Também tenho cortado e guardado vários ingredientes bons na minha geladeira. Facilita muito! Outra ideia que tem funcionado pra mim é fazer refeições mais rápidas pra preparar. Eu amo cozinhar mas antes fazia algo muito longo e me cansava, em alguns dias. Agora não, a maioria das coisas que faço é muito rápida e faço todos os dias.

    Beijos!
    http://belsantanna.com/

    • Isadora Ribeiro

      Oi Isa! muito feliz em ler isso <3 sim! quando conseguimos nos programar tudo fica mais fácil!

  • Me inspiro muito com a forma como vocês se alimentam. Por causa de vocês me viciei em grão de bico! rs

    • Isadora Ribeiro

      grão de bico é vida <3 <3 <3 hahhaha

  • Estava REALMENTE pensando sobre congelar comida e tal e do nada resolvi entrar em seu blog e me deparo com o quê?! Esse post. Parece que leu meu pensamento! Amei as dicas, Isa. Você sempre arrasa. Vou tentar aplicá-las aqui em casa. Agora com a rotina mais cheia estou sem tempo para parar e preparar minha refeição (também sou vegetariana) e não quero começar a comer mal por causa disso. A solução será essa. 🙂

    • Isadora Ribeiro

      Oi Polly! Adoro essa sintonia, hahah
      Facilita muito deixar tudo bem agilizado <3 aqui funcionou muito!

  • Bruna Melo

    Vou fazer isso pra facilitar minha rotina, às vezes por preguiça acabo comendo besteiras pq ainda tenho que cozinhar haha. Vou me organizar pra congelar e provar coisas novas pq acabo sempre comprando as mesmas coisas.

    • Isadora Ribeiro

      ajuda muito <3

  • Natália Dias

    Sempre trazendo um frescor e simplicidade para o meu dia a dia! Nada melhor que a comida feita em casa e dessa forma é possível comer bem sem muita correria:)