AdoCão

> Tudo o que eu queria dizer para o meu cachorro

12/07/2016

Lucy e Ringo,

Talvez vocês não façam ideia, mas vocês me fazem muito bem. Eu falo isso o tempo inteiro para vocês, mesmo sem me questionar se me entendem: sei que entendem. Também sei que nós não somos dos mais ricos para dar da melhor marca de ração, o melhor brinquedo, a roupa mais fofa ou a maior cama. Sorte a minha que ao conviver com vocês, pude perceber que vocês valorizam o que importa. Por isso, nunca neguei o meu tempo para vocês.

Vocês devem pensar que aqui em casa somos loucos, correndo para lá e para cá. Trabalhando e querendo resolver a vida da melhor maneira possível, enquanto vocês querem, por que querem brincar. Vocês são a alma da casa, o que me faz sempre lembrar que o jeito de criança, nunca pode se apagar.

Vou aproveitar pra mencionar que às vezes a gente senta no chão, apenas por sentar e, pra vocês, é o melhor evento do dia. Hora de rolar e lamber. Quando estamos no sofá e eu levanto para pegar um copo de água, eu aviso, “não levanta, eu só vou até ali”, e vocês me seguem. É sério, não precisa desacomodar. Melhor ainda é entrar e sair de casa por 1 segundo e a recepção ser a mesma de 1 ano fora. De saudade, vocês entendem bem. Isso, não precisa mudar.

Saibam que quando saio para passear e vocês ficam em casa, não costuma ser fácil. Imagino vocês sentados como meus amigos. Imagino o tempo todo o que nos diriam, se pudessem falar. Principalmente nos momentos difíceis, alguns conselhos tenho certeza que cairiam bem, mas o olhar consola como ninguém. Admiro a pureza de não precisar de palavras para demonstrar o amor de forma incondicional. A verdade é que eu precisava da simplicidade de vocês. Da maneira feliz de ver a vida, apenas por ser vivida.

Algumas vezes eu fico perdida. É pata pra desviar, rabo batendo na canela, 21kg sentado em cima de mim no sofá, mas estou bem. Tenho vocês comigo. Se tem vocês, está tudo certo. É verdade.

Vocês podem não perceber o quanto, mas eu gostaria de dizer mesmo que vocês não entendam, o quanto, mas o quanto e quando vocês me fazem bem. Quanto!

Se você gostou desse post, talvez também goste desses:

  • Amor! Foi só o que eu li! ♥

    • Isadora Ribeiro

      <3 lindona!

  • Dayane Oliveira

    Amor em forma de texto <3

    • Isadora Ribeiro

      <3

  • Gracielle

    Nossa acabei de conhecer o blog e estou simplesmente apaixonada, pegamos um cachorrinho a pouco tempo e isso é um pouco de tudo que gostaria que ele soubesse, amei!

    Beijo’
    http://www.casarsemdesleixar.com.br/

    • Isadora Ribeiro

      <3 que amorrrr! feliz vida nova 🙂 hehe

  • Fernanda

    Que texto mais amor! Traduziu muito do que eu também sinto pelo meu cachorro. É impressionante como, fazendo tão pouco, esses serezinhos nos tocam tanto!

    • Isadora Ribeiro

      que bom <3 eles merecem!!

  • Fernanda Machado

    Meus olhos estão suando… Coisa mais linda! Saudades enormes da minha cachorrinha que não se adaptou na minha casa nova e agora mora com o vovô 💜