AdoCão

> Cachorrada X Casa limpa

17/05/2016

Sempre me perguntam como a gente faz para manter a casa limpa e organizada com a cachorrada maluca e feliz que abrigamos por aqui. Na verdade, tudo isso começou de forma intensificada quando reformamos a nossa edícula.

Sempre falávamos que quando tivéssemos uma casa ela seria aberta e sem frescura. Quando digo isso, é uma casa à prova de farra de cachorros, sujeira de criança e com facilidade para limpar. O piso de madeira, por exemplo, era uma das minhas maiores paixões, mas, PENSA COMIGO: uma casa aberta, com terra, mato, umidade e 2 cachorros de porte médio? Só se fôssemos ricos para tanta manutenção. Este é um bom exemplo, do que aconteceu com praticamente com todas as decisões da casa. Tudo aqui a gente fez pensando dessa forma. Uma série de decisões baseadas no nosso estilo de vida e o que achamos que melhor se encaixa com ele. Pois sabíamos que queríamos ser família.

essa luz de vocês @melhordiadanossavida12976489_942648022522083_2083176887_n

Temos poucos móveis na casa, poucos apetrechos pequenos espalhados e deixamos só o que é necessário. Dessa forma, a cachorrada quase nem tem o que roer ou destruir por aqui.

Também evitamos deixar plantas no chão, pois podem ser mais atrativas. Lucy é um doce com elas, nunca estragou nada. Porém o menino Ringo ainda tem umas crises de filhote e corre com uns galhos por aí. Busco sempre pesquisar sobre os tipos delas, para quem nenhuma seja tóxica, vale reforçar.

O sofá de couro eu preciso confessar que é um sonho. As vezes eles entram com as patas molhadas ou cai terra e eu nem me enlouqueço. Pego um paninho e TCHARAN, tá novo. Embora eu ame tecidos como linho e veludo para estofados, esse tipo couro é um forte candidato.

e resolveram sentar ali pra contar como foi o dia #BarbaSendoLucy #nanossatoca de hoje, é de (de)coração. Temos uma única regra: se tem café na mesa é preciso dar tempo: 5 minutos, horas e horas, em pé, pra sí, olhando nos olhos, ajudando a revisar um email, sorrindo, ouvindo, soluçando de chorar, procurando as palavras, repensando tudo, sonhando alto, dividindo o silêncio, rindo dos cachorros, tanto faz. Importante é ser inteiro. Levamos ela à risca, na vida, mesmo fora da mesa - só uma desculpa pra mais um café

Os pêlos? Bem, não tem como. Apesar da área externa ser grande, Lucy e Ringo transitam pela casa toda e, algumas vezes, na cama. Quando eles estão na fase de troca de pêlo, varremos a casa pelo menos duas vezes. Principalmente a sala, onde a Lucy mais fica. Cansa? Cansa muito. Enche o saco? Enche. Mas, vale a pena. Tudo faz parte de um todo. A gente se diverte, acha graça, ama e temos trabalho. Se me arrependo? Jamais. Por mais cansada e estressada que eu possa estar ou sem tempo, ter a companhia dos dois comigo o tempo inteiro, conforta meu coração.

Manter a casa sempre em ordem, eu costumo dizer que é como cuidar de mim. Cuidar do meu, do nosso mundo. Cada um tem seus afazeres e manias para deixar cada dia mais agradável aqui. Um lar é viver diariamente em construção, dentro e fora. Não uso produto mágico ou eletrodoméstico tecnológicos. É preciso muita vontade, amor e nada mais.

Além de me presentear com sua parceria e companhia, ainda nos registra com esse olhar-amor. Obrigada, miga @reemonteiro Em breve alguns looks no nanossavida.com fotografados por essa linda!

A gente vai amadurecendo, criando raiz e buscamos cada vez mais algo confortável, prático e simples. E eu num vejo nada de ruim nisso. Afinal é possível alinhar com bom gosto e do jeitinho que amamos. Vocês sabem como eu amo ter tudo no lugar e bem limpinho então, acredite que é possível manter tudo normalzão mesmo com dois terrorzinhos. Vale lembrar que tudo tem um limite e quando queremos, eles respeitam bem. Quando falamos “fora” no quarto, eles já correm para o limite da porta e esperam sentadinhos.

Acredito que alcançamos uma boa comunicação, transbordamos amor e o trabalho sempre vai existir. E isso se chama relacionamento, ou melhor, família. Lar. Como preferir 🙂

“Tudo vale a pena quando a alma não é pequena”.

Se você gostou desse post, talvez também goste desses:

  • Aqui em casa é assim, eu limpo, faço minha parte, mas dizer que é uma casa de novela isso não é mesmo. Aqui tem pelo por todos os lados, pelo de gato de cachorro, enfim, tem vida. Antes eu tinha mais neura, mas com o tempo eu percebi que não adianta se incomodar com coisas desse tipo, temos uma vida só, então é melhor curtir cada minuto. 😊

    • Isadora Ribeiro

      É isso! :’) Melhor deixar a novela pra tv hahahahh vida precisa de vida <3

  • Mariana Silva

    Tudo pode estar fora do lugar menos uma vida sem cachorro 😀
    Beijo Isa*

    • Isadora Ribeiro

      É ISSO <3 disso tudo 😀

  • Yohanna Gondim

    Isa eu AMO o jeito com que você escreve!
    Tenho 2 gatos adultos, 3 gatos filhotinhos (LINDOS) e um cachorro em casa que mais parece um pestinha, e não vou mentir, manter a limpeza e organização com essas crianças em casa é uma luta diária! Mas com toda certeza, limpar a casa muitas vezes ao dia não é nada comparada a sensação de ver os filhotes brincando entre si, ou mesmo sentir as lambidas do Touru (cachorrinho) no meu rosto! São aquelas coisas que engradecem a vida né? Beijo!

    P.S.: lembra de mim? fazemos aniversário no mesmo dia!

    • Isadora Ribeiro

      Não mesmo, é maravilhoso <3 A gente fica um pouco doida, hahahaha mas vale tudo a pena.

      Ahhhh está chegando, ein? :)))) nosso ano novo!

  • Letícia Caetano

    Ah, eu penso que cachorros são como crianças. Você tem que cuidar, também faz bagunça, tem que dar banho… São esforços gratificantes e cheios de amor <3
    Eu leio seus posts assim, ou nos vídeo e sinto falta do meu dog, até queria adotar, mas minha mãe não é muito fã, infelizmente 🙁

    • Isadora Ribeiro

      são mesmo <3 hahah muito amor!

      ahhh, na hora certa ele virá, acredite :') enquanto isso, lucy e ringo mandam um cheirinho!

  • Caroline Padilha

    Onde clica pra mandar o texto pra minha mãe e convencer ela de adotar um irmão pro Nick? 🙁 Eu tô louca pra ter minha casa por isso, meu sonho de vida é ter um cachorro porte grande pra chamar de Aragorn haha e como eu sei que os porte grande, pretos e pêlo curto são dificilmente adotados, tá aí. Mas ainda tenho tempo pra isso, infelizmente, já que moro com mamãe.
    Só espero que meu filho Benjamin goste de cachorros tanto quanto eu (e tu) gosto. ♥