Fotografia, Pedaços+Momentos

>Pedaços+Momentos: Um pouco de solidão

25/04/2016

A gente fica bastante tempo sozinho aqui – só que não. Quando o conheci, já sabia: vamos gostar dessa ideia de ser companheiros. Ficamos pouco tempo longe de presença, embora no dia a dia, eu tenha meu mundo e ele o dele. É diferente. Sempre gostei de estar só. Fazer minhas coisas quietinhas, pensar meus pensamentos mais complexos sem conclusões, beber um café devagar, deixar o restinho na caneca. Fechar os olhos no sol e criar pequenos projetos para desafiar minha capacidade de cuidado em mil tentativas para dar certo. Dessa vez, não foi muito diferente. 6 dias que ele ficou fora, troquei as lâmpadas pifadas, fiz um tapete, arrumei os vasos, testei cinco receitas, fiz iogurte caseiro, comecei a fazer um pufe, curti minha companhia – e senti a saudade da dele.

IMG_3934-11Lucy perde um pouco o chão. Nas primeiras horas ela passa tentando parecer como se tudo estivesse tranquilo, sem nada acontecer. Apaga a luz, hora de dormir e ela estranha. Dia seguinte, parece que não faz sentido. É engraçado, mas dá um pingo de dó. Saudade é uma coisa que a gente não pode fazer nada. Só seguir e no final do dia esperar.IMG_3919-2IMG_3930-9IMG_3927-6Ringo permanece no seu mundinho Lucy. Se ela esta por aí, tá tudo bem. Choraminga nos primeiros 10 minutos e passa. Ele releva. Ou sabe que vai voltar e não tem nada que se possa fazer até lá.IMG_3924-5IMG_3923-4 IMG_3922-3Os cachorros seguem nosso ritmo. Eu falo baixo, ele alto – então, a casa fica mais quieta. Eu sou mais introspectiva e ele interage com tudo ao redor. Eu vivo o plano do dia a dia e ele dá chance para que uma brincadeira com Lucy e Ringo o surpreenda depois do almoço e mude tudo. Sozinha sinto que tenho tudo sob controle: os pêlos varridos do chão, a louça lavada na hora, a comida planejada na geladeira, sem nada fora do lugar. Com ele, aprendo como é bom também deixar a vida nos levar. Além ou por aqui, tanto faz. Que bom que a gente se trombou na vida para aprender a se equilibrar – juntos ou menos juntos. Afinal, juntos, de alguma forma, a gente sempre tá.

Se você gostou desse post, talvez também goste desses:

  • Wanila Goularte

    Esse amor todo…. <3

    • Isadora Ribeiro

      <3 <3 :')

  • Que amor de texto!!! ♥

    • Isadora Ribeiro

      <3 <3

  • Ana Luísa

    “Sempre gostei de estar só. Fazer minhas coisas quietinhas, pensar meus pensamentos mais complexos sem conclusões, beber um café devagar, deixar o restinho na caneca.” tão eu isso! Isa, adoraria conversar contigo tomando café, deve ser um máximo! boa semana 🙂

    • Isadora Ribeiro

      que linda <3 feliz pela identificação! :') precisamos pensar em um encontrinho daqui do blog né?

  • Lory Caldas

    Que delícia de textinho ♥
    Engraçado como você consegue transformar uma coisa simples, do dia-a-dia, como a saudade, a ausência, em algo, até, digamos que, poético.

    Gosto de ficar sozinha, mas já me acostumei com a multidão. Moro com 8 pessoas, sendo uma delas uma criança de 6 anos. Ah! E o Luke, meu cachorro. Nunca tem paz aqui em casa. A qualquer hora do dia, com exceção da madrugada (entre 1 e 7 da manhã), tem barulho, falatório, porta rangendo, prato batendo no outro, microondas, TV. Nada de paz. Sinto falta da paz, mas a bagunça também me completa ♥

    Amei o post, Isa (pra variar, rs)
    Beijo, beijo

    http://www.drawnwings.blogspot.com

    • Isadora Ribeiro

      Que amor! hahaha por um momento consegui ouvir e imaginar esse lar! <3 quando ele volta, as coisas ficam quase assim por aqui. Lucy e Ringo ficam doidos!!! Bagunça no coração também é bem bom :')

      beijinhos e boa semana!!

  • Let Oliveira

    Mas que delícia (gostosura, tranquilidade, amor, paz e etc etc)de ler isso! Chega deu uma calmaria em mim ! Isa compartilhando seu momento conosco é a melhor coisa <3

    • Isadora Ribeiro

      AI que linda <3 que bom que fez bem :'))

  • Patrícia Almodôvar

    Que lindo… Um suspiro e uma vontade de pular para dentro dessas fotografias e fazer parte dessa luz, dessa essência tão pura.
    Obrigada pela partilha <3

    • Isadora Ribeiro

      :’) quem suspirou foi eu aqui! obrigada <3

  • Bel

    Que texto lindo! Eu não sei bem como é viver a dois porque nunca tive essa experiência mas acredito que seja bem isso mesmo, Isa. O texto é muito bonito, viu?

    Beijos

    https://oladobeldavida.wordpress.com/

    • Isadora Ribeiro

      Obrigada Bel!! é desafiador hehe mas uma delícia 🙂

  • Uau, que texto lindo! Adorei a leveza dele e em como ele casou com as fotos. Sério. Parabéns de verdade! :’)

    http://bruhirano.com

    • Isadora Ribeiro

      <3 que linda! obrigada Bru :')

  • Assim, nada muito a ver com o post, mas onde vc encontrou esse fio de malha por favor? hahaha a loca das agulhas aqui tbm <3

    • Isadora Ribeiro

      ixi, foi numa loja de bairro, minha mãe quem comprou. Perto do shopping pirituba

  • Bruna Alecrim

    Que texto gostoso de ler <3

    http://estilosalheios.com.br

    • Isadora Ribeiro

      brigada flor :’)

  • Ó tô em dúvida

    que texto lindinho ♥ deve ser desafiador viver a dois, mas também um deve completar o outro. amei as fotos!

    Beijão,

    Blog Ó, tô em dúvida…

    • Isadora Ribeiro

      <3

  • Thassiana Pereira

    Isa, querida… esse ticô azul em processo, você tá usando uma linha? um tecido? qual o nome desse trem?
    Em 2014 fiz um casaco de tricô cinza que você fez tbm, ficou uma graça!
    Se der, faz um videozinho desse negócio novo que você tá fazendo aí, ia ser massa.

    Beijos e muito amor <3

    • Isadora Ribeiro

      Ai que demais!
      é cinza hehe o nome é fio de malha! pra tapetes e tal, pois é bem rústico!

      beijosss <3

      • Thassiana Pereira

        Obrigada! Já joguei aqui no google e vi várias coisas lindas que dá pra fazer com ele, tem umas capas de vasinho de planta que ái meu coração <3

        • Isadora Ribeiro

          tem muuuita coisa legal! 😀 pra pirar hahah

  • Sabe aquele texto que mexe com você e te faz olhar com mais atenção aos pequenos momentos? É esse. Obrigada, Isa.

    • Isadora Ribeiro

      sabe aquele tipo de comentário que nos faz querer continuar sempre com esse cantinho? é esse :’) <3

  • ê coisa boa esses relacionamentos que transbordam a gente, que nos fazem aprender mais todo dia, a viver mais todo dia 🙂 cada um do seu jeitin mas sempre juntos ♥

    • Isadora Ribeiro

      sua linda!! <3

  • Letícia Caetano

    Que texto lindo, Isa! Nossa… Nem sei o que dizer sobre… Enfim a saudade faz parte da vida e também nos faz ver o quanto uma pessoa pode ser importante em nossa vida, fora que as pequenas coisas do dia são o que faz dele especial… E as fotos lindas como sempre.