AdoCão

> O que aprendi com vocês, cachorros

16/08/2015

 

Lucy e Ringo,

Talvez vocês nem imaginem o quanto. Mas, vocês nos fazem muito, muito bem.
Com vocês aprendi que a vida é uma só, a cada dia, a cada instante. Como se quiser dividir. Aprendi que é preciso enxergar o agora, sem medo ou receio. Apenas com a coragem no coração. Vocês, tem peito pra viver. Afinal, foi com vocês que aprendi a sempre esperar o melhor e a enxergar a bondade nos olhos das pessoas. Amigos, familiares ou no bom dia de desconhecidos na fila do pão. E até mesmo quando algumas nos machucarem o coração: não deixa a bondade escapar. Vocês, são especialistas nisso. Não se importam com aparência ou comida importada. Vocês nasceram para provar que o amor, na sua essência, ainda é a arma mais poderosa que podemos carregar.
Foi com vocês que notei como eu julgava as coisas antes de conhecer ou provar – mesmo achando que não. E como um dia simples pode ser divertido só por correr na grama ou jogar uma bolinha pra lá e pra cá. Vocês são prós na arte de confiar. Quando não conseguiam subir uma escada ou se sentiam incapazes de descer do sofá, não existia frescura. “Cadê aquele humano, meu amigo, que pode me ajudar?”, simples. Com vocês percebi como precisamos das pessoas ao nosso redor e muitas vezes fingimos que não. Por isso, com vocês nós nos sentimos úteis, as pessoas mais importantes do mundo. E eu espero que a gente consegui fazer, vocês se sentirem dessa forma também. Afinal, foi com vocês que enxerguei como nos importamos com coisas que não deveríamos esquentar: um xixi no colchão ou um tapete rasgado. Tudo isso passa, vivemos sem. E vocês já nascem sabendo. Vocês amam como manda o amor amar: incondicionalmente, sem porquês ou mais motivos.

Vocês não recusam uma farra ou festejar para uma visita. Tudo, todo dia, qualquer coisa, é a melhor coisa da vida. Não é que é mesmo? Estamos vivos.

Com vocês, aprendi tanto sobre tudo, do mundo, de mim e sem ouvir nenhuma palavra. Apenas, na cumplicidade de um olhar. Quando dizem que vocês são anjos, não é no sentido figurado – só pode ser muita verdade.

Se você gostou desse post, talvez também goste desses:

  • Bruna

    Ownn *-* na minha percepção de confiança, não ha nada maia próximos dos humanos que seja tão fiel, honesto, tão companheiro isso com um simples olhar, uma lambida, um pedido de carinho que seja, é o ser mais puro, que me ensinou o amor na sua forma mais doce. Os cães são os seres que mais mexem comigo, eles me tornam uma pessoa melhor e isso constantemente. Eu amo encontrar doglovers por ai, é muito bom saber que tem mais gente doida por cachorro haha beijao Isa, uma semana maravilhosa p/ ti!!

  • Iana Lua

    esse texto falou com o meu coração. vivo esse amor todos os dias com a minha Matilda e nunca imaginei que ele pudesse ser tão grande. sempre que me deixo levar por ela, aprendo mais sobre como é simples viver com alegria. só podem ser anjinhos mesmo!! 😀