Entre crônicas, VIDA

> Hoje em dia: o que você não postou, não existiu.

31/03/2015

 

“Como assim você prática exercício? nunca vi você postar uma foto, deve ser por isso. Não acredito que você viajou! Não vi você colocar nada, pensei que estivesse só trabalhando. Jura que você se interessa por política ou torce pra algum time? não vi nenhum post seu nas últimas semanas. Jura que você foi naquele boteco? achei que tinha ficado em casa, não vi check-in e nenhuma foto taggeada sua. Você foi ver o castelo ra tim bum e a exposição da tia doida das bolinhas? não achei foto no seu instagram. Você está bem? não postou nenhum snap hoje. Qual seu app? Por que você não me responde? Não quer dizer? que frescura”
– Me desculpe, fulano. Eu estava em um velório e esse é o meu app. Seja “feliz”.
Quem nunca passou por essas e outras? Quem nunca pensou em explodir algum aplicativo ou sumiu de uma rede social, quem nunca? É assim que – infelizmente – caminha nossa humanidade: tentando adivinhar e julgar a intensidade da vida alheia com uma foto sequer que se poste – ou se não a postamos. Pois, infelizmente, hoje em dia não importam os 10km que você corre, o vinho que bebe no final de semana ou a vida cultural que tem: se você não postou, ela não existiu.
As redes sociais e sua velocidade de informações, que é uma coisa maravilhosa quando bem usada, trazem a doce ilusão de quem temos as pessoas não só por perto, mas nas nossas mãos com acesso apenas em um touch. Que tristeza!
Então, viu, é melhor deixar por pensar, deixar fantasiar. Compartilhe o que te dá vontade, como e quando estiver afim, sim. Mas, algumas vezes quando por dentro o silêncio for mais alto, deixe- o ser também e, nem por isso, quer dizer que você não tem sua opinião claramente formada ou uma vida bacana o bastante para ser compartilhada. Pois o prazer de viver o dia que a vida nos dá, não precisa de filtro nenhum: é genuíno e de coração. Não precisa de endereço IP e longe de ser tipo net.
É a vida como ela é e deve ser: naturalmente ao seu tempo, não instantânea e, que acontece muito bem sim, offline.
Não é pela foto que se poste, mas pela vida fora da internet que se preste. Bora viver – a nossa vida, de preferência né -, minha gente!

Se você gostou desse post, talvez também goste desses:

  • MateuspMatos

    Ótimas ponderações, quando eu comecei a estudar fotografia a primeira coisa que me falaram foi: “aprenda a ver e participar das coisas, depois você fotografa”. Respirar e sentir o vento numa paisagem é muito mais legal do que tirar uma foto, assim é a vida, é mais legal viver

    • Isadora Ribeiro

      Disse tudo Mateus: É ISSO <3

  • Tiabetok

    cara, super isso! canso de chegar nos lugares e “ei, não sabia que você vinha” porque não fiquei divulgando o evento o dia todo ou “não sabia que você tinha ido” porque não postei foto!!! acho que esse tipo de pessoa não tem amor a sua própria privacidade, seus momentos únicos que não precisam ser expostos meramente por curtidas, devem ser guardados, curtido por quem esteve presente, aproveitado ao máximo, agora qualquer coisinha do tipo “tenho alergia a camarão” tem que estar no twitter e destacado para fazer algum sentido!!!! adorei seu app “felicidade” é o que importaaaaaaa, atualizo sempre.

    xero

    Desconstruindo blog

    • Isadora Ribeiro

      Exatamente, hahahhaha acho que temos que rir disso, né? porque OÍA… 🙂

  • Isaaa, tá mais que certa!

    Já me falaram que eu sou muito “mais do mesmo” no instagram, porque não saio pros lugares mais badalados aqui de Fortaleza e não conheço as it girls e cia. Olha só! Eu ri! Hahauahah. Inclusive Isa, tempinho atrás inventei de fazer um blog, daí semana passada postei algo parecido com o que você colocou! Hehe

    Um beijão!

    • Isadora Ribeiro

      WHAT?!? que sem noção. Ainda bem que você fez o melhor pra fazer nesse caso: RIR. Mas, vou te contar, já recebi mensagem de gente pedindo para eu mudar de filtro. Nem nosso universo como queremos ter, podemos mais né? Bora continuar sendo assim do nosso jeitin, né? <3 assim a vida vale apena.

      Ah! é! qual o blog? quero ler! 🙂

      beijinhos!

  • Naine Gomes

    Falou tudo Isa!! Que loucura que ta a vida néh, se entrarmos no ritmo frenético da coisa enlouquecemos e vivemos somente em busca de momentos que devam ser postados. O importante e viver!!

    • Isadora Ribeiro

      sim!!! viver é urgente <3

  • coisa linda de se ler ♥ é isso mesmo.

  • Pingback: Links da Semana! #39 | EXTRAORDINARIANDO()