Pra não dizer que não escrevi, VIDA

Pra não dizer que não escrevi: da saudade

19/03/2015

Amiga, já vou avisar: dizem que saudade dói. Sobre essa dor não consigo bem descrever. Tem saudade de uma hora, de um ano, de uma vida, do que nunca se teve e até de mesmo si. Sim, tem saudade pra dar e vender. De fato, ela não dói para machucar, não é nada pessoal. Na verdade, ela nos faz o favor de doer só para lembrar como é delicioso ter alguém ou um momento e, assim, reservar um tempinho para inteiramente amar sentindo saudade.

Eu tenho saudade de tanto e de tudo. Saudade poderia ser meu apelido, se já é e eu não sei. Saudade é o extraordinário da essência da vida, pois dela só se leva o que é bom, mas para isso é preciso topar viver o que pode ser desagradável. É esquecer- se dos defeitos, relevar os problemas e abraçar o que pode dar errado sem medo, sem aperto, afinal, saudade é pra quem tem coragem.
Saudade é o amor que quer ficar e só se sente se alguém ou se algum instante da vida chegou lá no fundo do coração e o fisgou de verdade. O coração pode vir a doer na alma e, por vezes, você chegará a sentir ele se esmagar por fora – é possível. Saudade dói, eu já disse e todo mundo sabe, mas uma coisa eu também sei: saudade é pra quem se entrega de corpo e alma.

Saudade é a vida querendo voltar a viver com mais um pouquinho daquilo e mais um tantinho do outro, das boas conversas entre amigas, dos bons amores que se foram, das bobas risadas em família, daquele bichinho que, quando criança, foi seu confidente, de uma bolacha da vó ou do começo enrolado de namoro. Saudade é gravar na sua pele o mundo dos outros pra ser maior.

Por isso, amiga, não tenha medo dela, pois ela arranca as mais sentidas lágrimas e os mais sinceros sorrisos de nós. Sentir saudade é preciso porque saudade é pra quem tem peito de não só viver, mas reviver a vida só por amar. Saudade é o coração pedindo para voltar, pra respirar e, graças à saudade, voltar a suspirar.

Saudade, amiga, é pra quem quer ir além dessa vida pra outras – já disse: saudade é pra quem tem coragem de amar, amar demais, ainda que só em saudade.

_____________________________________________________________________________________________________

Essa categoria é nova por aqui e a ideia é você que acessa o blog escolher o tema dos textos que serão postados. #PraNãoDizerQueNãoEscrevi ( complete e deixa o tema nos comentários, por email nanossavida@gmail.com ou no instagram ) :) . Este foi sugestão da @nadiadetzel. Desculpem a demora em atualizá- la, já escrevi muitas das sugestões anteriores, mas está complicadinho me organizar e espero logo poder contar!

 

Revisão de: Thaís Chiocca

Se você gostou desse post, talvez também goste desses:

  • Vivian Silva

    Texto lindo, Isa! Bateu saudade de tanta coisa agora :’)

    • Isadora Ribeiro

      enjoy <3

  • Pamela Lima

    #PraNãoDizerQueNãoEscrevi sobre os problemas que temos tido no nosso maravilhoso país: corrupção, saúde, educação, falta d’água e de consciência.
    seu blog é especial Isa! não é daqueles que tratam sobre beleza que a gente vê, mas é daqueles raros que tratam sobre a beleza que a gente sente, daqueles que a gente pensa “poxa, vou tirar o dia pra procurar mais blogs como o da Isa, porque é gostoso parar por 5 minutos num dia estressante e ler” mas a gente não acha! pelo menos não achei (se alguém tiver boas indicações, por favor. rs) e assim, tem conseguido mudar a cabeça/ coração de muitos “alguéns”. por isto, tenho curiosidade em saber como alguém com tanta doçura e amor se posicionaria/ agiria à respeito de assuntos que nos tiram o ar, a calma e a graça.

    • Isadora Ribeiro

      Oi Pamela 🙂 gosto muito desse tema. Confesso que já escrevi alguns textos nesta linha, mas hoje em dia está complicado postar algo deste teor. As pessoas se atacam, entram em guerra e se ferem pensando falar com robôs e não humanos.
      Agradeço pelas palavras queridas, confesso que ganhei todo o tempo que me dediquei ao blog, com este seu elogio <3. obrigada! Neste post coloquei alguns blogs que acompanho: http://nanossavida.com/2014/10/15/indico-blogs-que-acompanho/

      Confesso que fugi muito do tema e dessas discussões pela internet. Pois meu espírito fica bagunçado e pesado em meio a tanta falta de respeito. O que procuro a fazer é ser o melhor que posso ser: em minha família, amigos, meu bairro e para as pessoas ao redor. Uma cidadã correta e sem esse "jeitinho brasileiro" que só nos faz mais cúmplices de tanta sujeira. Admito perder um pouco a fé em pensar no tanto que não sabemos que acontece em meio a tanta ganância que ultrapassa valor de ser – humano – . Mas, o amor vence tudo. Já dizia um sábio por aí. <3 Dele pretendo a vida a viver.

      • Pamela Lima

        muitíssimo obrigada pelo retorno Isa! #D
        você foi uma psicóloga virtual. rs
        vou tentar fazer o mesmo, porque essas coisas têm me roubado muita energia, muita vida.
        pra você, sucesso, paz e muito amor.
        super abraço ♥

  • Vivian Silva

    #PraNãoDizerQueNãoEscrevi sobre o valor do respeito em um relacionamento nos dias de hoje.

    • Isadora Ribeiro

      anotei aqui, logo logo aparece! 🙂 obrigada Vi.

  • Luiza Grilli

    Ah, mas é assim mesmo que a saudade nos aperta. Caras de amor, carta, abraços, sorrisos…. Acho que esse post teve o propósito realizado de me deixar nostálgica!

    • Isadora Ribeiro

      foi isso mesmo <3

  • Pingback: Vale o clique #12 | Como livros, bebo séries()

  • Tiabetok

    a melhor definição que já vi: saudade e o amor que quer ficar!

    me vi revivendo inúmeros momentos. um gosto doce e a lástima de não poder voltar…
    #PraNãoDizerQueNãoEscrevi auto aceitação

    Ah feliz dia do blogueiro atrasado (foi ontem kkkk)

    um grande xero

    Desconstruindo blog

    • Isadora Ribeiro

      <3

      Anotei e adorei o tema! 🙂

      obrigada flor pela lembrança, que fofa!!
      beijo grande

  • MateuspMatos

    Eu geralmente só compartilho as coisas que escrevo com meus amigos, mas enquanto lia, a mesma sensação de quando eu escrevi isso voltou, então está ai, pode não gostar, eu deixo 🙂
    Porteiro
    Despedidas,
    saudade antecipada,
    nunca irei levianiza-la,
    quero o Epopeu de um adeus,
    o embrulho na alma num último aperto de mão,
    o choro que se força lá dentro
    para não se mostrar tristeza,
    mesmo sabendo que eu posso,
    E podendo dizer tudo,só consigo um obrigado.

    Mateuspmatos.tumblr.com aqui é onde eu coloco algumas coisas, inclusive esse

    • Isadora Ribeiro

      adorei Mateus 🙂
      continue a escrever e a compartilhar suas palavras por aí!!!

  • Victoria Melo

    Quando completei a Hastag ” #PraNãoDizerQueNãoEscrevi Saudade ” não pensei que fosse me identificar tanto com o texto, demorei horrores pra ler, eu sei, mas a culpa é da vida, porem veio em Otima hora.
    Obrigado Isa!

    • Isadora Ribeiro

      Ah que bacana 😀
      hahahah com certeza! acredito nessa coisa que a gente lê no “momento certo” <3
      Beijinhos! obrigada eu!