CRÔNICAS, VIDA

> Dia a dia, foto e poesia: 1

15/01/2015

Ainda há quem diga que cuidar da casa não é trabalho. Há quem diga que a profissão “do lar” não conta em nada, há quem diga de tudo e de um pouco tudo, é claro, por isso me atrevo a dizer que: não tem nada mais gratificante do que cuidar e amar o que quer que seja que lhe foi colocado em mãos para fazer – ainda mais quando a palavra lar está no meio do dizer, ainda mais quando o lar não é físico.
Então, nem pensa em discutir mais, para um pouco e agradece, pois quem é “do lar” tem um lar para estar e cuidar, e quem tem um lar, dentro de si, tem tudo.
É trabalho que não vai faltar, é uma paz que nunca cessará.

Essa categoria é nova por aqui e o título fala por sí só, né?  🙂 como me comprometer com uma foto e mais um texto por semana é difícil – e eu não gosto de prometer e não cumprir – , deixei essa categoria livre para ser em: p&b ou colorida, prosa, com métrica ou não. Vamos ver até onde ela vai. Vamos ver mais dessa vida que de pequenas coisas está bem servida e só nos falta ver, reconhecer e ser. Impregnar. 🙂


Revisão de: Thaís Chiocca

Se você gostou desse post, talvez também goste desses: