O que aprendi, VIDA

> O que aprendi: De viver

20/12/2013

Faça o que te deixa com o coração mais forte: pinte, borde, desenhe, faça contas sem papel ou monte planilhas. Leia um livro, sem ser obrigatório, mas que te dê prazer. Seja feliz pela felicidade dos outros, mas não ache que isso é uma regra: busque a sua dentro de você. Dê a passagem para o pedestre, não ultrapasse sem dar seta, buzine para agradecer quem te deu passagem. Ponha uma boa música na hora de faxinar. Dance sem medo de ser ridículo, prefira ser livre do que ser aceito. Suspire e inspire. Seja livre.
Veja poesia no mundo. Aprenda com suas lágrimas. Respire fundo, fundo, fundo mesmo e se controle. Tenha preguiça de colecionar problemas: resolva logo e tire um cochilinho. Tenha uma poupança, mas não se poupe de viver. Aprenda a viver cada momento e saiba o que você pode gastar em cada um deles. Não use a falta de dinheiro como desculpa para ser feliz: falar besteira ainda é de graça.
Role na grama ou admire o movimento da cidade. Sempre elogie alguém pelo trabalho bem feito. Se aceite. Ame e sonhe sem parar, mas não perca os amigos de vista. Sorria por sorrir. Passe batom vermelho ou se controle no blush. Não faça a barba, mas apare o bigode. Deixe uma criança se sujar e andar descalça. Se pegar resfriado, tem cházinho pra curar, mas se não se sujar, não tem infância.
Ame alguém com todas as forças, mas guarde forças para se amar um pouco mais. Faça uma lista e procure como realizá-la. Plante, cuide, ame, colha e desfrute: isso serve para qualquer coisa. Faça uma tatuagem nova ou guarde o dinheiro para fazer uma maior depois. Não coloque sua opnião em um pedestal. Prefira sempre um bar do que discutir na internet. Dê chance as pessoas.
Adote um bichinho e deixe ele adotar seu coração. Aprenda com qualquer pessoa sobre qualquer coisa. Escute o mundo e a sí mesmo. Tire sarro de alguém, mas se zoe muito mais. Enxergue bondade. Aprenda um instrumento novo ou algo que você faça com os olhos fechados e em paz. Cuide da alimentação da sua família ou de quem ama. Não julgue sem conhecer, não dê indiretas, não remoa: resolva tudo diretamente, mas com calma. Esfrie a cabeça e depois fale. Resolva, mas se resolva primeiro.
Sinta- se no mundo, você é humano. Seja realista. Veja benefícios nas diferenças. Respeite. Viva em amor. Equilíbre- se no instável. Amar é um risco, e viver também é. Viva com cuidado! Mas viva com paixão, e seja grato por essa chance.

Foto: Fabio Stachi

Se você gostou desse post, talvez também goste desses:

  • Que lindo, Isa! :’)

    • Isadora

      Linda vucê 🙂

  • milca

    Simplesmente lindo!!!!! Amei cada frase!!!!

    • Isadora

      Obrigada <3

  • Guilherme Isipon

    Estou emocionado com os textos do blog. Parabéns pelos textos belíssimos!

    • Isadora

      Puxa, Guilherme! Muito obrigada ♡
      Volte sempre! 🙂