Observando, VIDA

> Observando : Sobre HD pifado e Ano novo do Fabinho.

16/02/2013

Pois é. Eis o dia em que meu HD me abandonou. Por sorte, ser uma pessoa neurótica com 3 backups diferentes tem suas vantagens. Mas… A gente nunca imagina quando vai acontecer. E isso sempre acontece quando tem aquela planilha que a gente ficou horas e horas montando, com todos os dados possiveis e imagináveis. Ou, todos os arquivos da faculdade… Resumindo: me sinto deslocada do mundo.

Como uma boa ex-estudante de teatro, dei um BELO DRAMA pra história. E parecia uma criança emburrada. Enquanto o Fábio tentava resolver a todo pano essa novela. E olhou pra mim com toda calma do mundo: “Vamos comprar outro e levar este para resgatarem as informações”. Bem, quando ele tem razão eu -até- concordo, mas quando ele tem TODA razão e ainda esbanja tranquilidade… Ah, ai… é sacanagem com meu drama.

Por fim, essa história, me rendeu um bom carnaval: curtir a família do Fábio que estava em SP, sem editar fotos, sem checar mil vezes minha planilha antes de comprar algo, sem olhar minha listinha do que preciso fazer este ano e daqui a 5 anos (sim, devo ser doente), e perceber que não ter tudo sob controle o tempo todo, faz bem.
E tudo isso… por causa do fim de um HD. No fim das contas, eu queria ter coragem de dizer “Obrigada HD por ter pifado e me dado uma lição, e que pifem muitos HDs!!! IPIIPIUHAA”, MAS ainda é recente demais.. hehe

Porém entretanto, todavia, eu perdi alguns posts que ia fazer aqui. :'(
Ou seja, todo este texto para dizer que fiquei desfalcada dos meus post e que sou a rainha do drama. Bom, vou correr atrás do prejuízo, este é o jeito (Fábio digitando e eu chorando no canto). Mudando de assunto…

Domingo… É o ano novo dele. Aniversário do Fabinho. Tudo bem passarmos este dia trabalhando, vendo imóveis… tudo bem. Mas, este é o post certo para dizer um grande “Obrigada”…

Obrigada por me segurar todos os dias. E também nos dias em que a vida resolve nos dar aquela sacaneada e pifar todos os HDs possíveis, nos deixando sem chão. Obrigada por querer estar ao meu lado, e querer ser meu chão.

O carnaval passou, vamos ao trabalho! 🙂

Se você gostou desse post, talvez também goste desses: